Oops, an error
Loading. Please wait.

Refrao De Bolero ukulele

188 views 1 this week
no commentswrite comment
1 2 3 4 5
3 more votes to show rating
add to favorites
×
Save as Personal and add changes to this tab that will be seen only by you. Learn more ›
×
You can save this tab as Personal to edit and correct it or add notes. All changes will be seen only by you. Learn more »
launch autoscroll
font size
0
reset
transpose
0
reset
simplify chords
display chords
guitar tuner
edit
Autoscroll
slow
fast
+/-
esc
set tempo
stop
Difficulty
Strumming
There is no strumming pattern for this song yet. and get +5 IQ
intro:   G    A

Bm                   F#m
Eu que falei nem pensar
  G                  E/G#
Agora me arrependo roendo as unhas
  A
Frágeis testemunhas
        A#°
De um crime sem perdão

    Bm               F#m
Mas eu falei sem pensar
 G                         E/G#
Coração na mão, como o refrão de um bolero
           A
Eu fui sincero
                  A#°
Como não se pode ser

   Bm                 F#m
Um erro assim tão vulgar
 G
Nos persegue a noite inteira
    E/G#
E quando acaba a bebedeira
  A                 A#°
Ele consegue nos achar

     Bm   F#m
Num bar,
        G
Com um vinho barato
      E/G#
Um cigarro no cinzeiro
       A                    A#°
E uma cara embriagada no espelho do banheiro

      G          A          Bm
Teus lábios são labirintos
       G               A             Bm
Que atraem os meus instintos mais sacanas
 G
Teu olhar
           A
sempre distante
             Bm
Sempre me engana
   G                    A          Bm   F#m   G   A
Eu entro sempre na tua dança de cigana


Bm                   F#m
Eu que falei nem pensar
  G                  E/G#
Agora me arrependo roendo as unhas
  A
Frágeis testemunhas
        A#°
De um crime sem perdão
    Bm               F#m
Mas eu falei sem pensar
 G                         E/G#
Coração na mão, como o refrão de um bolero
           A
Eu fui sincero
           A#°
Eu fui sincero

      G          A          Bm
Teus lábios são labirintos
       G               A               Bm
Que atraem os meus instintos mais sacanas
 G
Teu olhar
           A
sempre distante
             Bm
Sempre me engana
     G                 A        Bm   F#m   G   A
É o fim do mundo todo dia da semana

(Solo)

      G          A          Bm
Teus lábios são labirintos
       G               A             Bm
Que atraem os meus instintos mais sacanas
 G                   A
Teu olhar sempre distante
             Bm
Sempre me engana
     G                 A        Bm   F#m   G   A   Bm
É o fim do mundo todo dia da semana

            
            
Suggest correction
Creating personal tab
Creating personal tab
You can edit any tab online and save it as your Personal.

You can edit, replace or remove any tab part or add personal notes – all changes will be seen only by you.

Personal tabs can be accessed anytime from any device, even offline.
Learn more »
Give kudos to tab author, rate the tab!
1 2 3 4 5
comments
print report bad tab
guest
Wanna post a correction for this tab? Suggest correction