Oops, an error
Loading. Please wait.

Borboleta chords

1,766 views 1 this week
no commentswrite comment
1 2 3 4 5
2 more votes to show rating
add to favorites
×
Save as Personal and add changes to this tab that will be seen only by you. Learn more ›
×
You can save this tab as Personal to edit and correct it or add notes. All changes will be seen only by you. Learn more »
launch autoscroll
font size
0
reset
transpose
0
reset
display chords
guitar tuner
edit
Autoscroll
slow
fast
+/-
esc
set tempo
stop
Author
Strumming
There is no strumming pattern for this song yet. and get +5 IQ
Bm
Se eu largar eu sinto a sua falta
Em              F#m 
Se eu agarro ela perde a cor
Bm
Ela não é dos meus dedos
            Em
É dos meus medos
F#m
E faço-me passar por uma flor
Bm
Tento imaginar o que ela diz
Em            F#m
À espera de aprender

Bm
À face da rua existe a lua
Mas não é tua
Em
À margem da estrada não há nada
Mas já te agrada
Bm
Tu és o teu mundo
Tu és o teu fundo
Em
Tu és o teu poço

F#mÉs o teu pior almoço
Bm
És a pulga na balança
És a mãe dessa criança
Em
És o mal
És o bem
 F#m
És o dia que não vem

A#                      Bm
Agora pára de fazer sentido
                   A#                         Bm
Não vês que assim estás a pisar fora da estrada
A#                             Bm
Vê se agora paras de fazer sentido
              A#                    C
Não vês que nada nos dirá mais do que nos diz nada


(... a partir daqui é sempre igual...)
Vê que o meu coração ainda salta
Quer e julga ser capaz
Não o faça por meus medos
Faça nos dedos
E eu fico para ver o que ele faz
Sem imaginar o que eu não fiz
À espera de viver

À face da chama existe a fama
Mas não te ama
À margem do nada não há estrada
Já não te agrada
Tu és o teu preço
És a tua glória
Tu és o teu medo
És a parte má da história
Vê que o sol ainda brilha
Ainda tem por onde arder
Não é mau
Não é bem
São razões para viver


Agora pára de fazer sentido
Não vês que assim estás a pisar fora da estrada
Vê se agora páras de fazer sentido
Não vês que nada nos dirá mais do que nos diz nada

Se eu largar eu vou sentir a sua falta

Tu és tu sempre que tu és
És mesmo tu quando pensas que és outra coisa
E tu pensas que não mas tu és mesmo bom a ser sempre
Quem és
Daí o teu motivo ser inapagável
Daí o teu desejo ser incontornável
O prazer é tão maleável
Daí o seu valor ser inestimável

            
            
Suggest correction
Creating personal tab
Creating personal tab
You can edit any tab online and save it as your Personal.

You can edit, replace or remove any tab part or add personal notes – all changes will be seen only by you.

Personal tabs can be accessed anytime from any device, even offline.
Learn more »
Give kudos to tab author, rate the tab!
1 2 3 4 5
comments
print report bad tab
guest
You may want to rate the tab now too:
select rating
Wanna post a correction for this tab? Suggest correction