Oops, an error
Loading. Please wait.

Lenco Enxuto chords

467 views 1 this week
no commentswrite comment
1 2 3 4 5
3 more votes to show rating
add to favorites
×
Save as Personal and add changes to this tab that will be seen only by you. Learn more ›
×
You can save this tab as Personal to edit and correct it or add notes. All changes will be seen only by you. Learn more »
launch autoscroll
font size
0
reset
transpose
0
reset
simplify chords
display chords
guitar tuner
edit
Autoscroll
slow
fast
+/-
esc
set tempo
stop
Author
Difficulty
Strumming
There is no strumming pattern for this song yet. and get +5 IQ
Capo no 2º Traste

G        D

G        D
 
    G                         D
Empresta-me os teus olhos uma vez

        G                               D
Que os meus não são de gente, apenas a paz

  G                       D
É só o tempo de me aperceber

    G                                   D
Na vida, o que se turva para ser de mulher

    G                      D
Empresta-me uma chávena de sal

   G                                D
E mostra-me a receita do caldo lacrimal

  G                       D
É só o tempo de te convencer

     G                         D
Que nem precipitado consigo chover

          Bm                E7
Não é um adágio que nos persegue

        G                                D
Que um homem só não chora porque não consegue

    G                       D
Empresta-me esse efeminado luto
  
    G                             D
Ser masculino é ter-se o lenço enxuto

  G                      D
É só o tempo de me maquilhar

    G                              D
De pranto transparente, a cor de mulher

          Bm             E7
Não nasci pedra, nasci rapaz

        G                                D
Que um homem só não chora por não ser capaz

F#           Bm 
   Os homens fazem fogo

E                   
Com dois paus, eles fazem fogo

Bm                            E7
   Por troca, ensino-te a queimar


G                      D


G                      D


G                      D


G                      D


G                      D


G                             D
Tu és corrente, e eu finjo o mar

        G                                D
Que um homem para que chore, não pode chorar

         G                              D
Que um homem para que chore, não pode chorar







Peço desde já desculpa se a letra estiver incorrecta.

Isto tem uns floreados engraçados, mas dá muito trabalho pôr aqui.

Ouçam a música e façam floreados quando acharem pertinente.

http://www.myspace.com/samueluria

Faustoso
Suggest correction
Creating personal tab
Creating personal tab
You can edit any tab online and save it as your Personal.

You can edit, replace or remove any tab part or add personal notes – all changes will be seen only by you.

Personal tabs can be accessed anytime from any device, even offline.
Learn more »
Give kudos to tab author, rate the tab!
1 2 3 4 5
comments
print report bad tab
guest
You may want to rate the tab now too:
select rating
Wanna post a correction for this tab? Suggest correction