Oops, an error
Loading. Please wait.

Nao E Facil Ser Cantor chords

451 views 1 this week
no commentswrite comment
1 2 3 4 5
2 more votes to show rating
add to favorites
×
Save as Personal and add changes to this tab that will be seen only by you. Learn more ›
×
You can save this tab as Personal to edit and correct it or add notes. All changes will be seen only by you. Learn more »
launch autoscroll
font size
0
reset
transpose
0
reset
display chords
guitar tuner
edit
Autoscroll
slow
fast
+/-
esc
set tempo
stop
Author
Strumming
There is no strumming pattern for this song yet. and get +5 IQ
Artist: Herman José
Song: Não é fácil ser cantor
------------------------------

VERSE:

G
Não é fácil ser cantor
C
Cantar cantigas de amor
D                          G 
Estar casado com uma velha bruxa
G
Que quando a gente se deita
C
Fica ali à nossa espreita
D                        G
À espera de nos gastar a chucha


"Nestes trinta e quatro meses
Só me comeste três vezes
Sem amor eu não me sinto sã
A continuar assim
Já não te quero ao pé de mim
Vais viver p'ra casa da mamã"

CHORUS / REFRÃO:

        C             G
Adeus, adeus, adeus, adeus,
D                         G
Adeus sala, adeus casa-de-banho
        C             G
Adeus, adeus, adeus, adeus,
D                              G
Nesta casa não sou mais que um estranho

VERSE:

Nessa noite enubelada
Sigo sozinho p'la estrada
Só com a viola e uma maleta
Sem dinheiro p'ra transporte
No meio dum frio de morte
Ponho-me à boleia p'ra Fuzeta

Minha mãe abre-me a porta
E ao ver-me fica morta
"Tu aqui?! Meu pobre coração!
Aturei-te vinte anos,
Tu só me causaste danos,
Sai daqui meu filho dum cabrão!

CHORUS / REFRÃO:

Socorro, socorro, socorro, socorro,
Anda cá meu Carlos Juvenal
Socorro, socorro, socorro, socorro,
O teu maninho quer fazer-te mal!"

VERSE:

Vem o meu irmão mais novo
E enquanto descasca um ovo
Saca uma faca da cozinha
Grita: "Fora sacripanta!
Vou-te cortar a garganta
Estás a incomodar a mãezinha!"

Sem saber o que fazer
Desço a rua a correr
Tropeço numa coisa dourada
Pego na tal coisa a medo
Tento limpá-la com o dedo
Sai um génio de turbante e espada

CHORUS / REFRÃO:

"Olá, olá, olá, olá
Eu cá sou o Génio Aladino
Rapazola, rapazola, rapazola, rapazola
Tens direito a um desejo pequenino."

VERSE:

"Peço p'ra ser transportado
P'ra um outro qualquer lado
Onde vivam miúdas modernas
De raça loura catita
Carregadinhas de guita
Que me aconcheguem as pernas"

O génio olha p'ra mim
E grita: "Perlimperlimperlimpimpim
Pós de alecrim e magerona"
Quando acordo, ainda tenso,
Constato que sou um penso,
No meio das pernas da Madonna

CHORUS / REFRÃO:

Socorro, socorro, socorro, socorro,     
Tirem-me, estou cego, surdo e mudo
Socorro, socorro, socorro, socorro,
Depressa antes que acabe o período!

Socorro, socorro, socorro, socorro,     
Tirem-me, estou cego, surdo e mudo
Socorro, socorro, socorro, socorro,
Depressa antes que acabe,
Depressa antes que acabe,
Depressa antes que acabe o período!

            
            
Suggest correction
Creating personal tab
Creating personal tab
You can edit any tab online and save it as your Personal.

You can edit, replace or remove any tab part or add personal notes – all changes will be seen only by you.

Personal tabs can be accessed anytime from any device, even offline.
Learn more »
Give kudos to tab author, rate the tab!
1 2 3 4 5
comments
print report bad tab
guest
You may want to rate the tab now too:
select rating
Wanna post a correction for this tab? Suggest correction