Oops, an error
Loading. Please wait.

Aguas De Marco chords

version 1
version 1

Whole song

Interactive

21,087 views 39 this week
no commentswrite comment
1 2 3 4 5
1 last vote to show rating
add to favorites
×
Save as Personal and add changes to this tab that will be seen only by you. Learn more ›
×
You can save this tab as Personal to edit and correct it or add notes. All changes will be seen only by you. Learn more »
launch autoscroll
font size
0
reset
transpose
0
reset
simplify chords
display chords
guitar tuner
edit
Autoscroll
slow
fast
+/-
esc
set tempo
stop
Author
Unregistered
Strumming
There is no strumming pattern for this song yet. and get +5 IQ
Águas de Março
by Antonio Carlos Jobim


[Verse]

  C/Bb                        Am7
É pau, é pedra, é o fim do caminho 
               Fm/Ab              C7m
É um resto de toco, é um pouco sozinho
             Gm7        C7        D7/F# 
É um caco de vidro, é a vida, é o sol 
                Fm/Ab                  C7m
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol 
            Gm7        C7        D7/F#
É peroba do campo, é o nó da madeira 
            Fm/Ab               C7m
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
             Gm7          C7       D7/F#
É madeira de vento, tombo da ribanceira 
                Fm/Ab                      C7m
É o mistério profundo, é o queira ou não queira 
             Gm7         C7      D7/F#
É o vento ventando, é o fim da ladeira 
              Fm/Ab             C7m
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
             Gm7         C7       D7/F# 
É a chuva chovendo, é conversa ribeira 
              Fm/Ab                C7m
Das águas de março, é o fim da canseira 
             C/Bb                  Am7
É o pé, é o chão, é a marcha estradeira 
             Fm/Ab                C7m
Passarinho na mão, pedra de atiradeira 
             Gm7        C7      D7/F#
É uma ave no céu, é uma ave no chão 
                   Fm/Ab                 C7m
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão 
             Gm7        C7       D7/F#
É o fundo do poço, é o fim do caminho 
               Fm/Ab               C7m
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho 
                    C/Bb                     Am7
É um estrepe, é um prego, é uma conta, é um conto 
                                     Fm/Ab
É uma ponta, é um ponto, é um pingo pingando 
                  Gm7          C7        D7/F#
É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando 
             Fm/Ab              C7m
É a luz da manhã, é o tijolo chegando 
               Gm7               D7/F#
É a lenha, é o dia, é o fim da picada 
               Fm/Ab                   C7m
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada 
               Gm7        C7       D7/F#
É o projeto da casa, é o corpo na cama 
               Fm/Ab                 C7m
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama 
                  C/Bb                    Am
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã 
              Fm/Ab             C7m
É um resto de mato, na luz da manhã 
                Gm7      C7       D7/F#
São as águas de março fechando o verão 
                Fm/Ab           C7m
É a promessa de vida no teu coração 
  C/Bb                        Am7
É pau, é pedra, é o fim do caminho 
               Fm/Ab              C7m
É um resto de toco, é um pouco sozinho
                  Gm7      C7      D7/F#
É uma cobra, é um pau, é João, é José 
                Fm/Ab              C7m
É um espinho na mão, é um corte no pé 
                Gm7      C7       D7/F#
São as águas de março fechando o verão 
                Fm/Ab          C7m
É a promessa de vida no teu coração 
  C/Bb                        Am7
É pau, é pedra, é o fim do caminho 
               Fm/Ab              C7m
É um resto de toco, é um pouco sozinho
              Fm/Ab                C7m
É um Belo Horizonte, é uma febre terçã
                Gm7      C7       D7/F#
São as águas de março fechando o verão 
                Fm/Ab          C7m
É a promessa de vida no teu coração 
  C/Bb                        Am7
É pau, é pedra, é o fim do caminho 
               Fm/Ab              C7m
É um resto de toco, é um pouco sozinho
             Gm7        C7        D7/F# 
É um caco de vidro, é a vida, é o sol 
                Fm/Ab                  C7m
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol 
                Gm7      C7       D7/F#
São as águas de março fechando o verão 
                Fm/Ab          C7m
É a promessa de vida no teu coração 

            
            
Suggest correction
Creating personal tab
Creating personal tab
You can edit any tab online and save it as your Personal.

You can edit, replace or remove any tab part or add personal notes – all changes will be seen only by you.

Personal tabs can be accessed anytime from any device, even offline.
Learn more »
Give kudos to tab author, rate the tab!
1 2 3 4 5
comments
print report bad tab
guest
Wanna post a correction for this tab? Suggest correction